Olá,
Visitante
Empreendedorismo

Saiba se você tem o perfil certo para abrir uma franquia

24/03/2017 - por Portal Ideias

Interessado em abrir uma franquia? Apesar de se tratar de um investimento considerado seguro, ninguém está livre do risco de falência. Nós lhe damos uma ajudinha para que você descubra se possui o perfil certo para este tipo de negócio.

Os números do faturamento deste setor são atrativos, mas é preciso esforço e dedicação para ter sucesso, assim como em qualquer empreendimento.

As franquias funcionam como uma via de mão dupla. A rede franqueadora analisa quem é a pessoa interessada em se juntar ao grupo, enquanto o indivíduo precisa saber em que está se metendo.

 

Seja racional

Decisões não devem ser tomadas por impulso. Gostar de um segmento, ficar encantado com os números, isso não basta, deve ser levado em consideração as horas que a atividade vai tomar. Antes de agir por conta, converse com a família, quem sabe eles não compartilham novas ideias e estejam dispostos a ajudar.

 

Afinidade

Como visto anteriormente, não basta apenas gostar de um tema para tomar a decisão de abrir uma franquia, mas em todo o caso é preciso ter afinidade e dominar o assunto na hora de investir. Não adianta pegar uma franquia em um setor que você não goste, pois assim irá trabalhar todo dia de má vontade.

 

Atenção aos riscos

Embora o modelo de franquia seja considerado um investimento mais seguro que uma iniciativa própria, por ter nome no mercado e um modelo pronto a ser seguido, mesmo franquias de marcas famosas podem falir. Não se pode apenas basear-se no nome, analise se há público para o negócio antes do pontapé inicial.

 

Seja atuante

Se essa for a sua primeira franquia, acompanhe o dia a dia do empreendimento, ao menos no começo. Delegar a gestão a outra pessoa quando não se tem tanta experiência pode ser um mau negócio.

 

Experiência prévia

Não se trata de algo obrigatório, mas a gestão de empreendimento com certeza faz toda a diferença no mundo dos negócios e é bem visto pelos franqueadores, até mesmo se não tenha dado muito certo. O franqueado precisa estar habituado ao setores comerciais e financeiros, capacitado a estipular metas de venda, manter a qualidade do produto e trabalhar a fidelização dos clientes. Caso não haja experiência, a franqueadora deve compartilhar um pouco dessa durante o treinamento do franqueado.

 

Construa relacionamentos

As vendas são feitas na base de confiança, e esse valor é construído com um bom relacionamento entre vendedor e cliente. Isso vale também para a hora de fechar parcerias com fornecedores e com a franqueadora, que é a maior interessada em uma parceira de longa duração.

 

Siga as regras, mas também inove

As franquias costumam vir com um modelo pronto de negócio a ser seguido, mas esse não fica impedido de inovações, no entanto cabe ao franqueado saber quando é hora de aplicar cada um. Você não vai querer atrito com a franqueadora logo de cara, afinal ela testou o que foi ensinado e sabe que dá resultado. A criatividade deve ser explorada e é bem vista, mas desde que seja em um momento conveniente. 

0 Comentários

    Nenhum comentário cadastrado...

Por favor efetue login para poder comentar...

contato@portalideias.com.br

Portal Ideias.
Incomum, como você.

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados - o2.ag
-